Páginas

domingo, 23 de abril de 2017

Demais pra tão pouco


Eu ensaiei tantas palavras
E no fim não te disse nenhuma delas

Escrevi duas cartas
E escolhi te entregar
A versão que me colocava mais distante
Das palavras que escrevi
E por quê?
Porque eu fiquei com medo de você não acreditar.
Não acreditar que eu sonhava com você a noite
Que meu coração batia forte de verdade
Quando você aparecia.
Que quando você não vinha
Eu olhava ao redor tentando te procurar.
Achei que se eu te dissesse
Que lembro de tudo o que você já me disse
Você acharia demais
Demais para alguém
Que você viu tão poucas vezes...





Nenhum comentário:

Postar um comentário