Páginas

sábado, 18 de junho de 2016

Desapego


È injusto
Se afastar
Do que se apegou.
Não deveria acontecer,
Perder o que tanto se teve.
Porque, o que se faz com o vazio que agora resta?
Enquanto tento ocupar a mente
Para tentar esquecer,
O que se faz com as pontadas que ainda vêm?
Como um quebra cabeças que perdeu uma peça
Como poderei ser completa novamente?

domingo, 5 de junho de 2016

Sonhos desaparecem


O que eu quero,
O que tanto anseio
Por quanto tempo mais quererei?
A resposta é tão simples
Tão transparente
No fundo do meu coração
Eu sei a resposta
O que tanto desejo
Vai desaparecer
No instante em que eu o tiver...