Páginas

sábado, 30 de abril de 2016

Fim do dia


O dia acabou
Como ontem aconteceu
e amanhã também
E o que Será de nós
Se permitirmos isso para sempre?
O relógio andou
E fez com que o sol lá fora se pusesse
O que será de mim
Se não conseguir Pará-lo?
Enquanto corremos
E as nuvens nos seguem
Poderemos parar esses ponteiros?

terça-feira, 26 de abril de 2016

Você não é


Se eu penso em você
Sozinha assim em meu quarto
Ainda consigo acreditar
Que há chance para nós dois.
Quando te vejo
De tão perto
Na realidade
Meu coração dói
Porque ele sabe claramente
Que você não é aquele em que eu tanto penso...

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Não acreditarei


Eu não acreditei
Em suas palavras.
Mas elas não deixaram de se repetir em minha mente
E eu continuava às escutar.
Antes de dormir
Elas viam outra vez
Fazendo uma ponta de esperança nascer


Mas eu não acreditei
E fugia cada vez que te via
E descartava seu rosto quando ele aparecia em minha mente
Porque eu me neguei a querer
A te querer
Só porque você me quis...


terça-feira, 5 de abril de 2016

Promessas


Eu não vou mais tentar
Nada relacionado a você
Prometo que não.
Quando você aparecer
Fingirei estar muito ocupada
Olhando as nuvens no céu
Prometo que sim.
Quando eu ver as coisas que me lembram você
Agirei como se as odiasse
Vou mentir pra mim
E pra você também
Até que vire verdade
E eu mesma possa acreditar
Que sim
Que posso cumprir essas falsas promessas...