Páginas

sábado, 31 de dezembro de 2016

A todo momento



Os instantes
Aqueles que realmente importam
Não são os da virada do ano
Nem o segundo antes de completar uma nova idade
Os instantes
Em que algo dentro de nós realmente muda
Os instantes em que realmente crescemos
Os instantes em que amadurecemos
Os instantes em que nos rendemos
São todos
Durante todos os dias
Sempre há algo acontecendo
Uma explosão dentro de nós
Continuamente...

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Você não pode vir?


Eu não quero te esperar
Mas meus olhos continuam olhando
Para onde você pode passar
Por que você não vem?
Por que não alivia meu sofrimento um pouquinho?
Você sabe como estou aflita
Eu sei que sabe
Nem eu entendo
O porquê de você ser a pessoa mais inacessível
Eu mesma fiz isso
Fiz de uma forma
Que mesmo se gritasse seu nome
Você não viria

Você não pode me responder?
Não pode me dizer que não?
Eu disse que não ia esperar
O que poderia esperar de você?
O você que se tornou tão frio.
Mas eu estou esperando.
E quando o tempo está acabando
Quando o dia está chegando ao fim
Sei que você não virá
Por que eu escolhi a pior pessoa para gostar?

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

O que não sei


Eu nem te conhecia
Mas te inventei
Do jeito que era melhor pra mim
Sua voz
Seu olhar
E seu sorriso
Até mesmo sua personalidade
Eu sonhei
Sobre essas coisas que eu não sabia sobre você
Porque eu não te conhecia
Te coloquei em um pedestal
Ah! E mal sabia
Que você era assim...

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Me entenda


Grito
Pois se sussurro
Você finge não escutar
Grito
Pois quando apenas digo
Você pode apenas ignorar
Grito
Para que me ouça, por favor,
Para que me entenda, por favor,
Para que te doa
Como dói a mim
Para que você ao menos perceba
Como já não cabe dentro de mim...

terça-feira, 8 de novembro de 2016

E agora?


Lentamente
Eu fui te vendo
Você vagarosamente
Foi aparecendo sob meus olhos
Em um dia aqui
Sua mão apertou firmemente a minha
Em outra tarde ali
Suas palavras foram dirigidas só a mim
E desde um dia
Que eu já me esqueci qual
Soube que você estava pensando o mesmo que eu
E agora o que faremos?

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Contrariamente


Seu olhar friamente se encontrou com o meu
Nós nos vimos
Mas eu não me mostrei inteira pra você
Porque eu friamente também não sorri
Calculistamente não te disse oi
Como eu costumava fazer.
Não porque eu não queria
Não é verdade
Ontem mesmo prometi a mim mesma
Que iria falar com você
Que iria dizer qualquer bobagem
Para que pudesse ouvir sua voz
E ao te ver
Só queria te mostrar
Que não estava nenhum pouco interessada
Porque estou acostumada
A fazer o contrario do que estou sentindo...

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Tudo em seu lugar


Você me lembrava tantas pessoas
Tantas coisas
E agora eu não quero lembrar de você
Todo o significado que coloquei em seu existir
Agora não tem mais importância
Porque estou te esquecendo
Devagarzinho
E com todas as forças
Porque meu coração está desacelerando
Em todas as vezes que te vejo
Eu que fiz tudo ser tão especial
Sou a única que coloco tudo no lugar outra vez...

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

O pouco que sei


Por que meu coração bate assim?
O que você faz comigo?
Eu nem te conheço assim
Você mal sabe quem sou
E isso mal me impede de gostar de você
Pouco ouvi sua voz
E sei exatamente como ela é
Sei exatamente quem você é
Meu coração sabe.

Você é aquele que é gentil com todos
È aquele que ouve o que as pessoas estão dizendo
Que não está preso ao seu próprio mundo
Você é aquele que leva uma maçã pra escola
Que tem os tênis lavados pela chuva
Você não gosta de brigar
Ah e isso é tudo o que eu sei sobre você
Mas meu coração sabe muito mais
Sabe mesmo...

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Perdida





Caminho sozinha
Chutando para longe as pedrinhas
Ouvindo os meus próprios passos.
Pessoas estão por toda parte
As vozes tão altas a gritar
Mas nenhuma delas é minha
Nenhuma a quem eu posso correr

Eu sorrio com alguém
Tentando me convencer
Que vou sorrir depois também
Converso aqui ali
E na verdade em lugar nenhum
Onde foi que eu me deixei?
Será que me dei por inteiro
E não sobrou mais nada?

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Eu também



Tanto tempo sem te ver
Foi apenas uma semana
Uma longa semana.
Você sabe que eu existo?
Faz ideia de que é importante pra mim?
Acho que você está acostumado a isso
A ter pessoas perdendo a razão por você
A ter pessoas lhe doando sorrisos bobos
Porque é esse o efeito que você tem sobre todos
Faz com que queiram te ouvir mais um pouquinho
E eu não posso culpá-las
Eu também
Quero te ter um pedacinho...

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Ele


Não sabia,
Porque passava depressa
Como a brisa
Sem olhar para trás
Ele ia
Sem saber a bagunça que deixou

Não sabia,
Que seu próprio sorriso
Era como sementes deixadas
Que podiam crescer
Ele ia
Sem saber o que estava florescendo

Não sabia,
Ou talvez soubesse
Que mesmo as flores não regadas
Podem durar muito tempo
E ele ia
Sem nunca me perceber..



quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Erro seu


Obrigada pelas flores
Mas ainda está doendo
Estou dentro de seus braços
Mas ainda está frio
Agradeço por perguntar como estou
Mas por que não fez isso antes?
Não preciso de sua culpa
Só me faz sentir pior.
Você tem ideia de como um pedido de desculpas
Também é capaz de machucar?

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Inconstante




Se você me viu ontem
Mas hoje não pode me ver
O que eu posso fazer?
Se meu nome ontem chamaste
E se hoje nem sabe quem sou
A quem eu deveria recorrer?
Se no fundo eu não deveria
Ter te visto em primeiro lugar
A culpa é minha?
Não por te ver
Não por te amar
Mas por esperar algo de você...

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Por isso eu não


Eu não vou sorrir
Você vai entender?
Eu vou dizer que não
Tudo bem pra você?
Me transformarei em um castelo de gelo
Você conseguirá aquecê-lo?
Vou dizer só a verdade
Vai ser fácil aceitar?
Vou sumir por uns tempos
Você ainda estará ai quando eu voltar?
Vou te magoar
Você poderá me perdoar?
Eu não.
Eu mesma não me absolveria
E por isso escolhi você em vez de mim...

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Plenamente


Quantas pessoas
Uma só precisa?
Eu vivia me perguntando
Quantas pessoas são suficientes?
Porque eu não o conhecia.
E sem saber o que era estar completa
Eu duvidava
Mas ele me respondeu
A cada vez que me olhava fundo
Ele me fazia ter a certeza
De que eu não precisava de mais ninguém
Porque ao seu lado eu estava tão saturada
Porque ao seu lado eu trasbordava...

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Não te vejo mais por ai


Não te vejo mais por ai
E não quero te procurar
Vamos nos afastando
E o que isso importa?

Se penso em você antes de dormir
E daí?
Se a menção de seu nome me extasia
E daí?
Você não sabe sobre nada disso
Então não é como se não existisse mesmo?

sábado, 9 de julho de 2016

Adeus


Se eu te digo adeus
Não quer dizer que eu nunca mais vá te ver
Nem que estou te deixando
Significa que eu estou me abandonando
Que estou deixando a razão vencer sobre todas as coisas
Estou ouvindo uma parte bem pequena de mim
Se eu te digo adeus
Digo adeus pra mim mesma...

sábado, 18 de junho de 2016

Desapego


È injusto
Se afastar
Do que se apegou.
Não deveria acontecer,
Perder o que tanto se teve.
Porque, o que se faz com o vazio que agora resta?
Enquanto tento ocupar a mente
Para tentar esquecer,
O que se faz com as pontadas que ainda vêm?
Como um quebra cabeças que perdeu uma peça
Como poderei ser completa novamente?

domingo, 5 de junho de 2016

Sonhos desaparecem


O que eu quero,
O que tanto anseio
Por quanto tempo mais quererei?
A resposta é tão simples
Tão transparente
No fundo do meu coração
Eu sei a resposta
O que tanto desejo
Vai desaparecer
No instante em que eu o tiver...

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Amizade


Tudo o que quero fazer
Se torna verdade com você
Porque nós temos nosso próprio mundo
E não há algo que não possa ser real
Nem um lugar que não possamos ir
E mesmo no fim do dia
E quando tudo fica escuro
Não é bom saber que não se está sozinho?
Pois não existe um problema que juntas não possamos resolver
Quando tudo está tão mal
Que existe um amigo que se importa
Não é bom saber?
Sempre e quando quiser
Para o nosso mundo vamos fugir
Não é assim que a amizade deve ser?

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Mesmo assim


Eu não queria sorrir
Mesmo assim estou sorrindo
Eu queria tanto chorar
Mas estou me segurando
Eu queria ir embora
Mas tenho que ficar aqui.
Se eu chorasse agora

Tudo seria resolvido?
Eu me sentiria mais leve?
Essa tristeza passaria?
Ah mas se eu sorrir não muda muita coisa também...

sábado, 30 de abril de 2016

Fim do dia


O dia acabou
Como ontem aconteceu
e amanhã também
E o que Será de nós
Se permitirmos isso para sempre?
O relógio andou
E fez com que o sol lá fora se pusesse
O que será de mim
Se não conseguir Pará-lo?
Enquanto corremos
E as nuvens nos seguem
Poderemos parar esses ponteiros?

terça-feira, 26 de abril de 2016

Você não é


Se eu penso em você
Sozinha assim em meu quarto
Ainda consigo acreditar
Que há chance para nós dois.
Quando te vejo
De tão perto
Na realidade
Meu coração dói
Porque ele sabe claramente
Que você não é aquele em que eu tanto penso...

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Não acreditarei


Eu não acreditei
Em suas palavras.
Mas elas não deixaram de se repetir em minha mente
E eu continuava às escutar.
Antes de dormir
Elas viam outra vez
Fazendo uma ponta de esperança nascer


Mas eu não acreditei
E fugia cada vez que te via
E descartava seu rosto quando ele aparecia em minha mente
Porque eu me neguei a querer
A te querer
Só porque você me quis...


terça-feira, 5 de abril de 2016

Promessas


Eu não vou mais tentar
Nada relacionado a você
Prometo que não.
Quando você aparecer
Fingirei estar muito ocupada
Olhando as nuvens no céu
Prometo que sim.
Quando eu ver as coisas que me lembram você
Agirei como se as odiasse
Vou mentir pra mim
E pra você também
Até que vire verdade
E eu mesma possa acreditar
Que sim
Que posso cumprir essas falsas promessas...

terça-feira, 22 de março de 2016

Continuamente


Quantas vezes
È preciso escrever
Repetidamente
As mesmas palavras
Para que elas aconteçam?

Quão detalhadamente
Todas as noites
Antes de dormir
È preciso sonhar
Para que se torne real?

Quanto esforço
È necessário
Para transformar sussurros
E versos interrompidos
Em tudo que quero te dizer?

quinta-feira, 10 de março de 2016

Fugaz


Passaste como uma estrela fugaz
Permitiu-me apenas um desejo
Sonhar-te de tão longe
Imaginar o que não me deixaste ver.
E o fiz como pude
Cada palavra que nunca me disseste
Eu as pude ouvir
Cada sorriso que nunca deste
Eu os fantasiei
Tanto que por vezes acreditei.
Conceda-me apenas mais um desejo
E apareça outra vez...

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

O que sobrou


Há pedaços
Que algumas pessoas deixam em nós
Uma risada
Um cheiro
Um pedaço de papel
Qualquer coisa
Que lembramos às vezes

Você já foi embora
Mas as lembranças ficaram
Não porque você me tenha as deixado
Mas porque eu me agarrei aos pedaços...

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Me deixe ir



Não me diga
O que você acha que eu quero tanto ouvir
Se essas palavras
Não vierem do seu coração

Não exagere
Apenas para me fazer sorrir
Nem mesmo
Pra tirar o peso da sua consciência

Se não for verdade
Somente não me diga
E me deixe ir
Para bem longe desses sentimentos que você não tem...