Páginas

sábado, 12 de dezembro de 2015

Não foi minha intenção


Me desculpe
Se ao sorrir te fiz pensar
Que o banco ao seu lado é meu lugar favorito
Me perdoe
Se eu ao prestar atenção no que diz te fiz pensar
Que seu nome em minha boca é um doce
Não me culpe
Se meu olhar de curiosidade até você te fez pensar
Que você é um colírio para meus olhos
Apenas lamento
Não foi minha intenção te magoar...

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Hoje

Apague a luz
Para a bagunça desaparecer
E finja que nada está errado
Finja que as coisas estão no lugar
Varra o lixo para debaixo do tapete
Esvazie o coração em palavras
E se permita sonhar com as coisas que não vão acontecer
Amanhã você pode fazer tudo certo
Do jeito que deveria ser

Mas não se importe hoje...

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Faça isso pra mim


Não seja assim
Não deixe de sorrir
Mesmo que os problemas encham sua mente
E as preocupações não te deixem dormir
Não seja assim
Não deixe de cantar
Mesmo que tudo dê errado
E seus dias forem nublados
Jogue tudo para cima
Seja feliz
Então eu serei capaz de fazer o mesmo...

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Com meu amor



Não posso entender.
Por mais que eu me esforce em ver nossa história como um lindo conto de amor. 
Você como um bobo destrói meus sonhos.
Tanto tempo se passou, seu olhar é o mesmo e seu jeito também.
Nada mudou, então porque você está saindo do meu foco? Como uma distante lembrança que não quer ser apagada eu esperarei que me entregue seu coração.
Poderíamos progredir se a cada passo que eu desse você não se afastasse.
Essa poderia ser uma linda história de amor, se você apenas deixasse que minhas mãos se juntassem as suas.
O tempo passa, as folhas caem, as flores florescem, você vai embora, e aqui eu fico com meu amor...

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Hábitos


Eu fecho meus olhos
Pra tantas coisas que não quero ver
Coisas que me fazem mal
Mas que talvez me fizessem progredir.

Eu guardo tantas coisas   
Que não tem valor algum
Esperando que algum dia
Eu seja recompensada por isso

Esperando que me devolvam
Tudo que eu entrego
E aprendendo
Que não é assim que as coisas funcionam...

domingo, 13 de setembro de 2015

Ilusão


Eu não queria dar importância
A esses momentos tão pequenos
E que duraram tão pouco
Os momentos que conversamos
E que você esteve em minha frente
E seus olhos tiveram que se encontrar com os meus.

Eu queria borrar esses momentos
E fazer como se fossem quaisquer outros
Mas eles se congelam em meu coração
E mesmo que não sejam muita coisa
Ainda sim
Ainda sim me fazem ter ilusão.

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Ter você




Se só te ver fosse suficiente
para acalmar essa ansiedade
Que cresce em meu peito.

Se só ao te ver
Eu me tranquilizasse
E não buscasse por mais nada.

Só que quanto mais eu te vejo
Mais eu quero te ver
Quanto mais eu te evito
Mais eu sonho com você
Porque no fim eu sempre encontro
Um jeito de te ter...

sábado, 29 de agosto de 2015

Só mais uma pessoa


Pensando bem em você
E te olhando mais de perto
Percebo que és somente alguém que encanta
Alguém que consegue brilhar de longe
Mas quanto mais me aproximo
Mais a luz se apaga
Porque a beleza não é tudo
E no fim você é só mais uma pessoa...

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Sorriso


Se prestar bastante atenção
Poderá ver
Que quando distribui lindos sorrisos
Eles voltam pra você.
Poderá ver
Que toda a sinceridade dos seus olhos
Não passa despercebida.
E que a bondade de seu coração
Fazem muitos felizes.

Se olhar mais de perto
Poderá ver
Que quando sorri pra mim
Eu sorrio pra você
E meu sorriso não vai embora,
Mesmo depois de te ver...

quinta-feira, 11 de junho de 2015

O nascer das palavras


As palavras fluem sobre meus dedos
E antes que eu perceba já há vários versos
Que insistem em me dizer algo
Que me fazem enxergar o que eu nunca havia visto
Eles tem vida própria
Como se eu não tivesse dado origem a eles,
Como se fossem independentes e pensassem sozinhos
E a vezes eu os custo a entender
Em outras os admiro fascinada
E as vezes é difícil pensar que saíram todos de minha mente
Voando e pousando sobre o papel
E assim eu consigo olhar para dentro de mim
Olhando do lado de fora um pedacinho meu
São uma revelação de todos os anseios do meu coração...

domingo, 17 de maio de 2015

Um pouco de amor


Com um pouco de amor
Tantas coisas podem ser feitas
É difícil admitir
Mas com um pouco de amor eu poderia ser levada
Como uma pena é levada por uma onda
Eu seria arrastada como ela por um pouco de amor.
Por uma flor ou um bilhete
Por um olhar ou preocupação
Por um sorriso ou um toque
Por tão pouco
Eu poderia ser capturada
Como uma presa que não tem saída
E seria devorada pela paixão...

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Coração desobediente


Quando o coração dispara não há mais o que fazer
Não há que tentar esquecer
Não há que tentar evitar
Não há que tentar se convencer
Porque o coração sempre vence
Ele sempre diz a verdade
Se o coração dispara só há que dar a razão a ele
Sem tentar contorná-lo ou desobedecê-lo
Porque ele é teimoso,
E não te deixará em paz enquanto não conseguir o que quer.

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Ironia


Me lembro de coisas que deveriam ser esquecidas.
Me esqueço de coisas que deveriam ser lembradas.
Espero por coisas que nunca vão acontecer.
Coisas que eu nunca esperei, aconteceram.
Perdi o que queria tanto encontrar.
Encontrei o que eu queria que na verdade nem tivesse existido.
Aconteceu o que eu mais temia,
E eu por fim deixei de me importar.
Não posso controlar nada,
Nem tudo é só minha culpa...

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Nunca será


Mesmo se estivéssemos debaixo da chuva,
Mesmo se houvesse apenas eu e você,
Mesmo com a lua sob nossas cabeças,
Mesmo com o pedido de uma estrela cadente,
Mesmo com a ajuda de uma fada madrinha,
Mesmo se nossos olhares se cruzassem,
Mesmo se nossas bocas estivessem a um centímetro de distância,
Mesmo que tudo e todos conspirassem para dar certo,
Nós nunca ficaríamos juntos,
Agora eu sei.
E o universo tão pouco conspira a nosso favor...

sábado, 28 de março de 2015

Inegável


Eu menti pra mim mesma
Dizendo que não gosto dele
Dizendo que não faz sentido gostar dele
Por que ele é só mais um idiota.

Mas ontem eu vi
Vi a razão desse sentimento,
Quando ele sorriu.
Quando ele sorriu e eu vi o quão doce era seu sorriso.
E vi em seu olhar algo piscando,
Algo incandescente.

E agora eu não posso negar
Que há um motivo para gostar.
E não posso entender,
Como ha gente imune a tudo isso nele...

domingo, 15 de março de 2015

Rotina

Comprimida no lugar em que eu sempre estive
Com as pessoas que eu sempre andei
Fazendo as mesmas coisas de sempre
Mas isso hoje está me comprimindo.
Está me sufocando, me apertando de todos os lados.
Amanhã talvez eu esteja melhor, mas o que importa é que hoje eu queria fugir. Correr para ficar só comigo mesma.
Apenas com o som da minha respiração e o barulho do vento batendo nas arvores.
De alguma forma eu só queria fugir de tudo isso que estou tão acostumada...

sexta-feira, 6 de março de 2015

Confiança

Tudo Vale a pena.
Cada minuto e cada coisa que fazemos pode valer a pena.
E se pensarmos que rascunhar alguma frase em um papel não vale a pena. Então não valerá mesmo.
E se pensarmos que escutar por alguns minutos nossa música favorita não vale a pena, não valerá.
Pois enquanto pensarmos que o que fazemos não é importante para nós nem para o outro, não será mesmo importante.
Tudo é uma questão de acreditar em si.

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Encontrar respostas

Não olhe para lua,
Buscando nela uma resposta.
Não olhe para o mar,
Tentando nele achar o fim.
Não veja as coisas,
Procurando um segredo escondido.
As coisas se revelam quando querem
E nós não devemos apressar.

Quando buscamos algo,
Não o encontramos.
Quando fechamos os olhos,
Em todas as coisas sonhamos.
As respostas vem naturalmente
São como as ondas do mar...

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Meu amor de presente

Quem dera pudesse eu te dizer,
tudo que meu coração sente,
Da forma que sente,
E no momento que sente.

Quem dera pudesse eu transformar,
Todos os sentimentos existentes
Em lindas caixinhas pequenas,
E dá-las a você de presente.

Quem dera pudesse eu te mostrar,
As cores do arco-íris,
E andar até o final dele,
De mãos dadas contigo...

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Com um olhar




Com um olhar,
Eu garanto,
Poderia sentir tudo
Tudo o que quiser me dar.

Se quiser abraçar-me e puder apenas olhar-me
Eu garanto, sentirei seus braços me envolvendo.
Se quiser beijar-me e puder apenas olhar-me,
Eu garanto, sentirei o calor da sua respiração.
Se quiser amar-me e puder apenas olhar-me,
Eu garanto, sentirei todo seu amor e carinho,
Se apenas olhar-me.

E se nem isso puder fazer,
Deixe-me olhar-te.
Eu garanto.
Guardarei seu rosto em meu coração...

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Percebi que...

Eu não sei o que é gostar de alguém.
Não o suficiente para me entregar.
Não o suficiente para esquecer tudo.
Não o suficiente para ser verdadeiro.

E tantas vezes eu fingi acreditar,
Que o que eu tinha era muito precioso
Que o sentimento era só isso.
Porque eu não queria ver o que realmente estava perdendo.

Mas hoje nesses dias nublados,
Enfim posso entender
Que nem tudo depende só de mim
Que um amor de verdade ainda virá...

domingo, 1 de fevereiro de 2015

Eu sei


Quando nós somente nos olhamos sem nenhuma palavra e esse silêncio não se tornou incômodo, eu soube.
Quando nossas mãos se juntaram acidentalmente por uma fração de segundos e não quisemos mais soltá-las, eu soube.
Quando você disse “até amanha” e quando nesse instante desejei intensamente que você não precisasse ir, eu soube.
Quando nos encontramos e o sorriso foi tão inevitável que não hesitamos em deixá-lo solto, eu soube.
Quando a chuva caiu tão forte e nós não nos preocupamos em sair dela, mas sim correr por ela, eu soube.
Eu soube que o que eu sentia por você era maior que eu.
Eu soube que eu te seguiria para onde quisesse ir.
Eu soube que não me importaria me molhar para te manter seco.
Eu soube que não me importaria em ser boba para te ver feliz.
Eu soube que eu faria o que fosse preciso só para te fazer bem.
Porque você é o tipo de pessoa pelo qual eu não seria capaz de fazer o contrário...

sábado, 24 de janeiro de 2015

Em meus sonhos


Onde quer que esteja
E quem quer que você seja
Eu sonho com você,
Eu imagino como será te conhecer.

Não há nada errado nisso,
Em te procurar onde quer que eu vá
E te procurar onde com certeza você não está
Com a única esperança de te achar.

Espero que quando nos conheçamos eu reconheça
Que é você
E sempre foi você
Que esteve em meus sonhos por tanto tempo...

domingo, 11 de janeiro de 2015

Como eu poderia saber?


Eu olho para a flor
E enfim consigo entender,
Que de nada adiantaria sua beleza
Se ninguém pudesse ver.


Olho para o mar
E enfim posso perceber
Que de nada adiantaria sua grandeza
Se ninguém pudesse ver.

Olho para você
E então posso compreender
Que se eu nunca o tivesse visto
Talvez eu poderia não saber...