Páginas

domingo, 31 de agosto de 2014

Raiva de você


Não importa o quanto as coisas não dêem certo com você.
Não importa o quanto você me faça ficar com raiva por ter ido embora sem se despedir.
Pois no dia seguinte é como se tudo de ruim que aconteceu não passasse de um sonho.

E então eu sigo pensando em você a cada música.

E esperando que seja você em cada telefonema.
Porque eu simplesmente não consigo ficar de mal com você...

domingo, 17 de agosto de 2014

Fogos de artíficio

Esses dias eu não tenho tido certeza sobre meus sentimentos.
Sei que minha mente voa para bem longe, desejando algo mais.
Em algum lugar que não poderei ir.
Mas apenas ao te ver, todos esses sentimentos que ficaram enterrados, ressurgem como uma grande explosão de fogos de artifício.
E então percebo que você ainda faz meu coração disparar.
Seu pedaço ainda está bem guardado aqui dentro.
Eu nem posso ir embora, porque não conheço a saída.
Não me entendo. Tudo parecia ter desaparecido.
Mas sempre que você aparecer de-repente, vai parecer um raio de sol.
E seu perfume, posso senti-lo a quilômetros de distância.
Sei que vou te seguir, e nem posso me controlar.
Porque você está em mim, dentro de mim,
De um lugar que não posso tirar...

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Penso em você


De manhã, quando não tenho nada a pensar, penso em você.
Penso em seus doces lábios, penso em te ver por aí.
De tarde em meio as palavras daquele livro, eu vejo você. Vejo você em cada personagem e em cada palavra que ele diz.
A noite, fecho meus olhos, e nesse sereno barulho da chuva lá fora, eu penso em você.
Penso em você existindo em algum pedacinho desse mundo.

E sorrio, apenas por ter a sorte de te conhecer...