Páginas

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Vou fugir


Mesmo que esteja em minha frente,
Não vou te olhar, vou me conter.
Mesmo que esteja tão perto,
Eu somente vou me levantar e ir embora.
Não deve ser tão difícil.
Mas porque meu coração insiste em te pertencer?
Ele insiste em ceder e ficar disponível.
Porque a cada vez você me puxa para mais perto?
Tudo o que eu tenho é vontade de fugir.

E essa é a única coisa que eu não faço...

domingo, 9 de fevereiro de 2014

Sua ternura


Sei que nada poderei ter de ti,
Mas ao menos olhe com ternura para mim.
Brigue e diga alto o que pensa,
Mas faça-o com ternura.
Evite-me e desvie o olhar,
Mas faça-o com ternura.
Esqueça meu nome e até mesmo esqueça-me,
Mas quando se lembrar, lembre-me com ternura.
Porque quando se ama tudo machuca muito e é sensível de mais.

Se ao menos você for terno enquanto me rejeita, quem saiba doa menos...