Páginas

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Meu interesse era amor


O que eu deveria sentir?
Como eu deveria demonstrar?
Vou correr para algum lugar que não tenha ninguém
e tentar me conter para não chorar.

Por muito tempo me escondi,
Para você não saber
Que meu interesse era amor
Mas muitas vezes eu não me contive e dava pra notar.

O que foi que aconteceu?
Eu não vou me perdoar porque
Seu coração tem um novo amor
E eu não soube aproveitar o tempo que você me deu...

domingo, 27 de outubro de 2013

Minha imaginação


Talvez sejam sinais errados, mas eu continuo a imaginar.
Que o que fez foi proposital para podermos conversar.
Amar é tão idiota, tudo o que você faz eu tento decifrar,
como se fossem pistas de algo que quer me dizer mas não tem coragem.

E nessa imaginação eu me perco.
Talvez de tanto pensar,
Será que não deixei passar algo bem evidente que qualquer um ia notar?

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Desisto de seu amor


Creio que já chegou a hora de desistir,
Meus sonhos já chegaram longe demais e
Minhas expectativas cresceram muito.
Agora tirei uma venda de meus olhos e percebo que tudo foi inventado por mim.

Desisto de você, não com tristeza nem rancor,
Mas com um sorriso no rosto,
Pois aprendi a entender o que se passa aqui.

Não desisto de te olhar enquanto está de costas,
E nem de te amar,
Só desisto que esse amor seja recíproco...