Páginas

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

O passado


Ele vem como o vento sobre mim, uma coisa que eu não posso evitar.
Ele está em mim, afinal já existiu.
E não importa o quanto eu queira esquece-lo, tenho que conviver com ele.
Tenho que aceitar o que já se passou.
Ele está em cada fotografia em cada cheiro e em cada memoria.
Então descobri que ele faz parte de mim, e não posso simplesmente me livrar,
Afinal apenas com o passado posso ter chance de construir o agora...